Blog DiCorpo

Se você procura qualidade, inovação e bem-estar,
seja bem-vindo à DiCorpo!

Como manter a pele sempre bonita

1 - Para as olheiras: durma bem, use cremes para amenizar as manchas, faça compressas de chá de camomila por dez minutos e faça pequenas massagens para irrigar o local. Um bom corretivo ajuda a disfarçar.

2 - Não sobrecarregue pele oleosa com cremes muito consistentes, pois estes dilatam os poros e facilitam aparecimento de cravos.

3 - Procure ingerir pelo menos dois litros de água por dia, para hidratar o organismo. Como conseqüência, sua pele ficará mais bonita.

4 - Quando você sentir a pele do rosto cansada e sem brilho, faça um chá com três folhas de sálvia ou malva. Lave o rosto e em seguida enxágüe com água fria. Você vai sentir a pele mais fresca e relaxada.

5 - Drenagem linfática facial é um tipo de massagem que promete melhorar o inchaço do rosto e das olheiras, atenuar as rugas e melhorar o aspecto da pele.

6 - Sempre retire a maquiagem antes de dormir.

7 - Antes de passar uma máscara facial, use hidratante para não ressecar muito a pele.

8 - Use protetor solar diariamente, mesmo que não vá se expor diretamente ao sol.

9 - Uma vez por semana, faça uma esfoliação na pele para retirar as células mortas.

10 - Para lavar o rosto, utilize sabonetes neutros especiais para o rosto.

11 - Use hidratantes específicos para a área dos olhos, essa região é muito sensível e merece um cuidado especial.

12 - Seja fiel à limpeza diária no rosto antes de dormir, assim sua pele irá respirar melhor. Além disso, os nutrientes dos cremes hidratantes penetram melhor na pele.

13 - Máscara para pele com espinhas - Ingredientes: 1 maço de salsinha, 2 colheres de extrato de alecrim e 1 gaze. Instruções: Amasse bem a salsinha e acrescente o extrato. Aplique essa mistura em cima da gaze. Em seguida, limpe o rosto e cubra-o com a gaze, deixando agir por 30 minutos. Remova  os resíduos da pele com água e sabonete indicado. A máscara pode ser aplicada uma vez por semana. 

14 - Esfoliação no rosto - Ingredientes: 2 colheres de sopa de aveia, 2 colheres de sopa de mel e 1 gaze. Instruções: Lave o rosto com água morna e use um sabonete neutro. Umedeça a aveia na água fria e com a gaze espalhe-a pelo rosto em movimentos circulares. Em seguida, enxágüe o rosto com água gelada e passe o mel, deixando por 15 minutos. Lave novamente o rosto com água gelada e passe, em seguida, um creme hidratante. A esfoliação pode ser feita semanalmente.

Fonte: http://goo.gl/a7vDDZ


Compartilhe isso:

Militarismo: a influência na moda

Verde-musgo, camuflado, jaquetas e coturnos. A tendência militar está de volta e conquista cada vez mais adeptas. E não é diferente no mundo fitness, onde muitas das características que o estilo remete – comprometimento e determinação – são imprescindíveis na hora de praticar algum esporte.

A leitura desse comportamento também nos traz referências no design, tanto na uniformização, representada em peças de roupas como trench-coats, calças cargo, blazers e casacos estruturados, como em ou outros elementos, como óculos estilo aviador e bota coturno. Tudo isso representado na cartela de tons terrosos e verdes, além da inconfundível estampa camuflada.

Antenada nas tendências, A DiCorpo também apostou esse estilo, e trouxe na coleção Primavera 2016 modelos nos Supplex Power, com todo o estilo e charme da moda militar.

E não é somente no mundo fitness que o estilo militar encontra destaque. Ele se encaixa tanto num visual para trilhas e aventuras, quanto num happy hour com os amigos, em uma situação mais casual.

Além da moda, o militarismo também é referência para realçar a beleza na esfera das maquiagens. O estilo marca presença nas tonalidades de sombras e batons. O tom verde-oliva transita facilmente entre o marrom e o dourado, além de ficar muito bem na maioria das tonalidades de pele e fazer uma boa sincronia entre o elegante e casual. 

 


Compartilhe isso:

Coleção Primavera 2016

A Coleção Primavera 2016 da DiCorpo está no ar. Confira todos os detalhes em https://goo.gl/0ZVHGm


Compartilhe isso:

Making Of DiCorpo Primavera 2016

Confira o Making Of da nova Coleção da DiCorpo.


Compartilhe isso:

Sedentarismo

O sedentarismo custa à economia global US$ 67,5 bilhões (R$ 220 bilhões) todo os anos, mais do que o PIB do Paraguai. Desse total, US$ 58,8 bi são gastos anualmente em cuidados médicos decorrentes da inatividade prolongada, além de US$ 13,7 bi que são perdidos todos os anos em produtividade.
 

As estimativas são parte de uma série de estudos publicada na revista científica Lancet , que revela ainda que o sedentarismo mata todos os anos cerca de 5 milhões de pessoas ─ um número de mortes equivalente ao do tabagismo e maior do que o da obesidade.

A pesquisa chama atenção para os malefícios do sedentarismo e o perigo de morte que ele representa. Os cientistas ressaltam que passar mais de oito horas por dia sentado aumenta as chances de morte prematura em 60%.

Mas o artigo da Lancet revela ainda que exercitar-se durante uma hora por dia pode contrabalançar os efeitos nocivos de trabalhar sentado por longos períodos.

Uma equipe formada por cientistas de diferentes países descobriu que o risco de morte era de 9,9% para quem permanecia sentado por 8 horas por dia e mantinha um estilo de vida sedentário.

Já quem permanecia sentado pela metade do tempo (4h) e se mantiva ativo por 1 hora por dia, tinha o risco de morte reduzido para 6,8%.

Os pesquisadores também descobriram que o aumento do risco de morte associado a ficar oito horas sentado por dia foi completamente eliminado nas pessoas que fizeram pelo menos uma hora de exercício físico diariamente.

Eles acrescentam que, atualmente, o sedentarismo constitui uma ameaça tão grave à saúde pública quanto o tabagismo e já mata mais do que a obesidade.

Intervalo

Os cientistas recomendaram a quem passa muitas horas trabalhando sentado fazer um intervalo de cinco minutos a cada hora, além de se exercitar durante o almoço e à noite.

Responsável pela pesquisa, o professor Ulf Ekelund, da Escola Norueguesa de Ciências do Esporte e da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, disse que não é necessário "ir à academia" para compensar o prejuízo de trabalhar longas horas sentado.

"Você não precisa fazer um esporte. Você não precisa ir à academia. Você pode fazer uma simples caminhada, talvez durante a manhã, durante o horário do almoço, ou depois do jantar à noite. Você pode dividir isso durante o dia, mas precisa fazer pelo menos 1 hora de atividade física para obter os efeitos positivos".

O estudo analisou dados de 15 pesquisas anteriores, muitas das quais envolvendo pessoas cima de 45 anos dos Estados Unidos, da Europa Ocidental e da Austrália.

Os autores descobriram que uma hora de exercício de "intensidade moderada", como caminhar a 5,6 km/h ou andar de bicicleta por prazer a 16 km/h, foi suficiente para contrabalançar os efeitos nocivos de permanecer sentado por longos períodos.

Ekelund disse ainda que um intervalo de cinco minutos a cada hora fechada, mesmo que seja ir buscar documento na impressora, poderia trazer benefícios à saúde do funcionário.

Mudanças

Os cientistas afirmaram que a combinação de passar muitas horas trabalhando sentado e ainda assistir à TV à noite sentado no sofá de casa vem se provando letal.

Eles cobraram maiores mudanças nas políticas do governo, de modo a estimular hábitos saudáveis, como aumentar a distância entre os pontos de ônibus para forçar as pessoas a andar mais, fechar o acesso de ruas a veículos durante o fim de semana e abrir academias de ginástica gratuitas nos parques.

Segundo os pesquisadores, os empregadores também devem encorajar os funcionários a realizar atividades físicas, ao fornecer chuveiros e academias, além de estimular intervalos mais longos.
 

Fonte: http://goo.gl/L13ntM


Compartilhe isso: