Blog DiCorpo

Se você procura qualidade, inovação e bem-estar,
seja bem-vindo à DiCorpo!

Dicas para não sabotar a academia

Você, com certeza, já acordou um dia e ficou enrolando para ir a academia. Certamente disse a si mesmo: “mais tarde eu vou”. No final do dia você já estava cansado e simplesmente desistiu de ir. Seja por causa do clima chuvoso ou por pura preguiça o seu cérebro acaba de vencer.

É muito comum as pessoas sabotarem a academia. Principalmente porque algumas delas não suportam fazer exercícios físicos. Não chegam sequer a completar uma semana inteira e já estão completamente entediados e arrependidos de ter gastado dinheiro.

Porém, você querendo ou não, praticar exercícios físicos é fundamental para a sua saúde. Provavelmente você não come apenas frutas e legumes, carnes magras, boas gorduras e carboidratos complexos e não tem uma dieta impecável. É aí que o treino entra.

Tenha um hábito

Manter o hábito de fazer exercícios todos os dias e em um horário fixo é importante para condicionar o seu cérebro. Você pode até não perceber, mas quando chega a hora de ir para academia, a sua mente se programa para aquele trabalho.

Dance conforme a música

Por exemplo, você já criou o hábito de ir a academia todos os dias pela manhã, antes do trabalho. Só que, neste dia, você perdeu a hora e a academia? Deixo para amanhã? É claro que não! Veja outros horários. Que tal malhar depois do expediente? Só porque o hábito foi quebrado por um dia não significa que isso seja uma desculpa.

O cérebro sempre busca o prazer

Você prefere comer um prato de salada ou de feijoada? Com certeza a segunda opção foi a mais escolhida e, ainda que não seja o melhor para o seu corpo, o cérebro sempre pensa no prazer em primeiro lugar. É por isso que quando pensamos em ir para a academia, arranjamos mil desculpas para não fazê-lo. Você tem a obrigação de ganhar essa batalha.

Recompense o seu cérebro

Para evitar a sabotagem, você pode usar o mecanismo de recompensa para fazer o cérebro aceitar o treino sem reclamar. Por exemplo, se você gosta de assistir a seriados ou ler algum livro, só faça isso depois do treino, como uma forma de recompensa. Usar um belo pedaço de pizza ou um pastel frito não é a melhor opção.

Saber o motivo é muito importante

Para que você malha? Qual o seu objetivo? Se você não tem uma meta claramente traçada então, as chances de desistir são enormes. Quer ganhar massa muscular? Perder peso? Se você não faz ideia do que está fazendo é melhor parar e pedir a ajuda de um profissional. Com o passar do tempo vá identificando o progresso e as conquistas do seu esforço.

Fonte: http://goo.gl/M1PXFr


Compartilhe isso:

Coleção Primavera 2015

A nova coleção da DiCorpo já está no ar. Confira todos os detalhes em http://goo.gl/idCqMv.


Compartilhe isso:

Making Of Primavera 2015

Confira imagens da nova coleção da DiCorpo.


Compartilhe isso:

13 Dicas para descansar e dormir melhor

1. Mantenha horários regulares:

Trate de levantar-se sempre no mesmo horário, não importando a hora que tenha ido deitar-se. Se você deita tarde na sexta-feira e no sábado para levantar-se muito tarde no domingo, com certeza na segunda-feira terá problemas no trabalho, pois no domingo à noite terá sofrido de insônia. Se viajar muito, tente conservar sua rotina e volte a ela logo que possa.

2. Faça exercícios regularmente:

Com não mais de vinte ou trinta minutos diários de caminhada, jogging, natação, bicicleta, ou a prática de algum esporte pelo menos 3 vezes por semana, você alcançará sua meta de chegar à cama relaxado, tanto fisicamente quanto mentalmente. O melhor momento para realizar exercícios que sejam benéficos a um bom sono noturno é ao final da tarde e no início da noite.

3. Cuidado com os estimuladores:

Os amantes do café, chá, chocolate e refrigerantes devem saber que os efeitos dos estimulantes destes produtos, mesmo que consumidos em doses mínimas, ainda estarão ativos em nosso corpo entre duas a quatro horas depois da ingestão. Ao ingerir substâncias que contenham estimulantes, ao final da tarde ou durante a noite, contribui-se para a diminuição da profundidade do sono e para o aumento dos possíveis Despertares Súbitos.

4. Não fume:

A nicotina é ainda mais estimulante do que a cafeína. Os fumantes têm dificuldades para dormir, despertam com facilidade e têm fases de sono profundo mais curtas. Comprovou-se que o fumante aumenta sua qualidade de sono quando deixa o hábito de fumar.

5. Beba com moderação:

Embora o álcool seja o mais antigo e mais popular sinônimo do sono, deve-se ter cuidado com a quantidade e com o horário em que o ingere. Muito álcool ao final da tarde retardará o sono, e muito álcool no jantar provocará sono precoce. Em ambos os casos, o ciclo normal será alterado.

6. Busque qualidade e não quantidade:

Seis ou quatro horas de sono profundo podem fazer com que você sinta-se melhor do que oito horas de sono leve e interrompido. Não se deve dormir mais do que o necessário. A medida será dada pelo quanto você irá sentir-se bem na manhã seguinte. Se você sentir que recarregou adequadamente suas baterias com seis horas de sono, não será porque você dormiu pouco e sim porque dormiu o suficiente.

7. Se você tem problemas para dormir à noite, não durma à tarde:

Muitas pessoas têm inclinação normal a tirar uma soneca além da conta após o almoço e, sem dúvida, isto avança com a idade. Mas, se o costume conspira contra seu sono noturno, quando sentir sonolência durante o dia trate de evitar dormir realizando alguma atividade física que estimule a pulsação durante dez minutos, isto acelera o metabolismo, espantando o sono.

8. Deixe suas preocupações e planos para outro momento:

Antes de deitar-se escreva uma lista de coisas que deveria fazer, ou seus planos do dia seguinte. Tal tarefa irá tirar de seus ombros a responsabilidade de lembrar. Isso relaxará seu inconsciente. Se seguir discutindo com eles e os mentalizando, não irá resolvê-los, nem conseguirá relaxar. Lembre-se de que seu cérebro conversa sozinho à revelia de sua vontade, por isso, essa lista de “pendências” por escrito tenderá a deixá-lo quieto, sem argumentos para continuar com seu debate solitário.

9. Não se deite após ter comido em excesso ou sem ter comido:

Se comer muito antes de deitar-se, obrigará o sistema digestivo a trabalhar demais. Talvez sinta uma sonolência agradável, mas logo terá sensação de peso que não o deixará dormir bem. Por outro lado, se estiver fazendo dieta, não durma sem comer algo de baixa caloria. Não se pode tentar dormir quando se discute com o estômago. Todo tipo de incômodo orgânico ou físico contribui para o despertar súbito, evitando entrar em sono profundo.

10. Desenvolva um ritual de sono:

As crianças leem ou escutam histórias e rezam suas orações antes de dormir. Você pode escolher seu ritual: escutar alguma música, relaxar os músculos, tomar uma ducha ou ler um livro pode ajudá-lo a conciliar o sono. O importante é que, uma vez escolhido o ritual, este deve ser repetido todas as noites.

11. Tente criar um Ambiente agradável:

Um ambiente agradável é fundamental. Deixe o quarto bem escuro, evite lugares barulhentos e, se possível, regule a temperatura. É fundamental um bom colchão, assim como bons travesseiros e roupas de cama, eles fazem grande diferença.

12. Atividades na cama:

Evite ler, falar ao telefone, trabalhar ou comer na cama. Ela não deve ser associada a outras atividades além de dormir. Isto garantirá um ato mecânico a seu organismo. Toda vez que o inconsciente começa a decodificar seu ritual para dormir, seu corpo imediatamente funcionará para que tudo esteja de acordo.

13. Relaxamento muscular:

Atos como banho quente (preferencialmente de banheira), sauna, alongamentos e massagens relaxam os músculos, o que ajuda bastante o sono durante a noite. Preferível que sejam feitos pouco tempo antes de deitar-se.

Fonte: http://goo.gl/ff7NPJ


Compartilhe isso:

Seja uma Revendedora DiCorpo

Casa, carro ou viagem? Realize seus sonhos com a DiCorpo. Cadastre-se hoje mesmo em http://revendedora.dicorpo.com.br


Compartilhe isso: