Blog DiCorpo

Se você procura qualidade, inovação e bem-estar,
seja bem-vindo à DiCorpo!

Os benefícios da vitamina C para a sua pele

A vitamina C é um dos nutrientes com os melhores benefícios para a nossa saúde. Ela é extremamente necessária para o sistema imunológico, especialmente nas estações frias do ano. Além disso, ela ajuda, com seu efeito antioxidante, a eliminar os radicais livres da pele e reduzir os sinais de envelhecimento.

Outro benefício importante da vitamina C é ajudar no combate à manchas na pele, agindo na inibição da produção da tirosinase, enzima responsável pela pigmentação.  

Por ser uma vitamina hidrossolúvel é preciso que ela seja reposta através de complementos vitamínicos ou com alimentos. A sua falta faz com que o organismo obrigue-se a removê-la da pele, tornando o tecido extremamente vulnerável. A reposição dessa vitamina é essencial na sua dieta, seja através dos alimentos (que é a melhor forma de reposição) ou dos complexos vitamínicos. As melhores fontes naturais são frutas cítricas como abacaxi, limão e laranja. Entretanto, outros alimentos como tomate, manga, kiwi, mamão, morango, brócolis e couve-flor também são ótimas fontes da vitamina.

O uso de cosméticos a base dela também são de grande ajuda para uniformizar e aumentar a elasticidade da pele, clarear, suavizar as rugas e marcas de expressão, combater os radicais livres e auxiliar na produção do colágeno. Mas atenção: todos esses benefícios são válidos apenas para produtos que contenham 20% da vitamina em sua produção.

 


Compartilhe isso:

Exercícios para desestressar

A rotina agitada de trabalho, vida pessoal e doméstica pode tirar muitas pessoas do sério, causando estresse e cansaço excessivo. Assim, é preciso buscar alternativas para relaxar no fim do dia. Uma ótima opção são os exercícios leves, e muitos deles podem ser feitos em casa! Confira:

Técnica de relaxamento muscular 

Para este exercício é preciso estar com a mente relaxada e estar confortável. Volte a concentração para algum ponto do seu corpo. Por exemplo, inicie a atividade pelo pé esquerdo, até começar a sentir pequenas vibrações que subirão pela perna e chegarão ao corpo todo, eliminando as tensões.

Meditar caminhando 

Não muito conhecida como a meditação tradicional, a prática de se caminhar meditandoé indicada para as pessoas que têm dificuldades de concentração estando sentadas. Para começar, encontre um lugar tranquilo. Em seguida, é preciso pensar que não se tem um destino definido para esta caminhada. Tente andar sem sapatos para entrar em contato com a energia do solo.

Procure andar de maneira alinhada, deixando braços e ombros soltos e voltando a atenção apenas para os passos. Aos poucos, transfira o peso de um pé para o outro de forma que um deles fique totalmente leve em cada passo. É essencial caminhar lentamente, sentindo o movimento em todos os pontos das pernas – coxas, joelhos e panturrilhas – e dos pés – o dos dedos no chão, da palma e do toque do calcanhar.

Conserve o olhar voltado para o chão em uma distância de aproxidamente um metro do corpo -  não é preciso olhar para as pernas. Caso o pensamento se afaste para outras coisas, retorne aos poucos a atenção na meditação, respirando regular e pausadamente.

Ioga para iniciantes

A Ioga possui vários movimentos e alguns podem parecer difíceis para quem está começando. A saudação ao sol é uma das sequências mais conhecidas e é simples, podendo ser feita em casa. Comece a atividade ficando em pé, com as palmas das mãos juntas em frente ao peito. Curve o tronco para trás com os braços esticados. Em seguida, volte o corpo para frente e leve as mãos até os pés. Coloque as palmas das mãos no chão, deixando um dos joelhos dobrados e a outra perna esticada para trás. Deite de bruços e levante o tronco, deixando o peito bem aberto. Por fim, apoie as duas mãos e os dois pés no chão, de forma que as costas fiquem esticadas e os quadris para o alto.

Fontehttps://goo.gl/NvoVbN


Compartilhe isso:

Dicas Para Sair do Sedentarismo

Espante a preguiça com atividades que, além de ajudarem a eliminar os quilinhos extras, beneficiam outras áreas da saúde. Assim como um carro parado por muito tempo acaba enferrujando, o corpo humano não foge à regra. Isso porque manter o sedentarismo por anos pode comprometer varias áreas do organismo, fazendo com que ele sofra com o envelhecimento precoce, ou seja, a pessoa pode ter 50 anos, mas aparentar um corpo – e disposição – de um individuo de 70, por exemplo.

A boa noticia é que nunca é tarde par começar a se mexer: desde crianças até idosos podem (e devem!) praticar atividades físicas. Confira algumas dicas. 

Caminhada: a caminhada é uma das principais dicas para sair do sedentarismo. Pois, você conhece algum exercício mais fácil do que a caminhada? Podendo ser praticada em qualquer idade, a modalidade é a atividade mais democrática que existe. Além disso, ela ajuda a manter a forma muscular de membros inferiores e, para as pessoas que são muito sedentárias, ela pode auxiliar na melhora da capacidade cardiorrespiratória.

Corrida: a corrida é outra boa alternativa para sair do sedentarismo. Pois, para quem deseja perder peso, a atividade é ideal. Por ser um exercício aeróbico – o corpo usa o oxigênio e os nutrientes como glicose, gordura e carboidrato para produzir energia para o músculo, a corrida ajuda a eliminar muitas calorias. Além disso, ela melhora o condicionamento cardiovascular e, se for realizada de maneira intervalada, aumenta e potencializa a redução de gordura. 

Natação: para espantar o calor, a atividade é muito bem-vinda. Além disso, ela diminui o impacto sobre as articulações, o que é benéfico para quem sofre com dores nos joelhos, por exemplo. A modalidade ainda estimula a tonicidade muscular e permite que braços, pernas, cabeça, tronco e quadril trabalhem juntos. A adequação física gerada pela natação é muito parecida com a da corrida: aumento do condicionamento cardiovascular e do metabolismo. E, se a natação for realizada de maneira intervalada, isso é, em vez de você nadar continuamente, você dar tiros na mais alta intensidade, potencializa a queima de gordura e melhora ainda mais o condicionamento cardiovascular.

Dança: Quer se divertir e, ao mesmo tempo, perder peso? Pois saiba que a dança é a modalidade perfeita para você. Além de estreitar amizades, ela é benéfica à saúde. Além disso, está relacionada ao beneficio mental, de as pessoas fazerem, se alegrarem e terem um momento de descontração.

Artes marciais: O Judô, jiu-jítsu, Kung fu… as opções são muitas e os benefícios também. Se elas forem realizadas de maneira alternada, isto é, com estímulos de baixa intensidade, elas, ajudam a melhorar o condicionamento cardiovascular, a potencializar a redução de gordura e a aumentar a massa muscular. Além disso, pessoas que praticam artes de maneira constante – de duas a três vezes por semana – são mais confiantes.

Musculação: Quem tem “um pé atrás” com essa modalidade deve mudar de opinião. Isso porque os benefícios proporcionados pela prática são visíveis. Além disso, a musculação aumenta a massa muscular e o metabolismo de repouso, por isso, as pessoas consomem mais gordura no momento de repouso. A atividade ajuda a emagrecer porque aumenta o potencial de oxidação, ou seja, a queima de gordura. Na terceira idade, ela pode contribuir para que pessoas fiquem muito mais independentes, já que um indivíduo idoso, que pratica musculação, terá mais autonomia para subir escadas e diminuir as chances de uma queda. Por isso, é o suprassumo das atividades físicas.

Fonte: https://goo.gl/7Ujvh1


Compartilhe isso:

Hábitos de beleza que vão aumentar muito sua disposição

Você janta cedo, se exercita, dorme as oito horas recomendadas e ainda se sente exausta ao acordar. Se você já segue a maioria das recomendações necessárias para ter disposição e ainda assim precisa de um empurrãozinho para enfrentar o dia, pode ser por uma (ou mais de uma) das seguintes razões abaixo. Conheça 10 hábitos que podem explicar a sua fadiga crônica e fique atenta sobre como corrigi-los para mudar a sua vida.


1. Tome vitamina D

Você passa a maior parte do dia dentro de seu escritório ou em casa? O sol é essencialmente necessário para sintetizar a única fonte de vitamina D presente em seu corpo e, se você não expõe a ele, seu sistema imunológico fica enfraquecido. Por isso, é normal passar o outono e inverno mais cansada que o resto do ano. Você pode evitar a indisposição comendo peixes gordos como o salmão, atum, além de leite, iogurte e cereais.

2. Tente aplicar a regra das 8h

São oito horas de trabalho, oito horas de lazer e oito horas descanso. Quando você sofre de estresse relacionado ao trabalho, observa uma perda de energia física e mental. E não importa quantas você durma, só um período de descanso e calma prolongado lhe permitirá restabelecer o ritmo normal. Se você também aprende a priorizar, delegar e relativizar, a suas segundas-feiras serão menos piores.

3. Durma em um bom colchão com uma roupa confortável

Você acorda à noite porque se sente desconfortável? Se você dorme no mesmo colchão há mais de 10 anos, pode estar na hora de trocar. Mas, o fato não está relacionado apenas ou necessariamente à sentir dor nas costas, mas ter noites de desconforto psicológico, térmico, com sonhos e noites sem dormir.

4. Reduza a ingestão de álcool e bebidas açucaradas

A qualidade do sono também é sensível aos efeitos do álcool e, mesmo que você tenha impressão de que a bebida ajuda a dormir num primeiro momento, a realidade é que deixa o sono mais leve e fracionado. O mesmo vale para bebidas açucaradas. Elas não apenas estragam a pele, como também a envelhecem prematuramente, isso sem falar no resto.

5. Beba 10 copos de água por dia

É difícil beber os dois litros de água recomendados diariamente? Pode ser complicado lembrar disso durante todo o dia, mas esse é um hábito simples que pode reduzir o seu cansaço. O corpo perde diariamente um litro e meio de água, que você tem que recuperar com, pelo menos, 10 copos de água. Para não enjoar, experimente dar sabor à bebida adicionando ingredientes aromáticos que também ajudam a desintoxicar o corpo.

6. Se cerque de pessoas positivas

O cérebro possui os chamados 'neurônios espelho', que fazem você se sentir bem quando se encontra com alguém saudável e divertido, e mal quando aqueles que o rodeiam também o estão. Da mesma forma, se você for mais feliz, também vai ser uma influência positiva para seus entes queridos.

7. Coma alimentos ricos em ferro

Uma simples falta de ferro pode causar a perda de toda a energia. A deficiência de ferro não só leva à fadiga constante, como também prejudicar a qualidade do sono. Por isso, se certifique de incluir na sua dieta alimentos ricos no mineral: leguminosas (feijões e lentilhas), carne vermelha, nozes e cereais.

8. Não coma na frente do computador

Comer na frente do computador pode fazer você ingerir, só na sua jornada de trabalho, 1.200 calorias extras. E se alimentar mal é uma das razões mais comuns pelas quais nos sentimos cansados. Coma alimentos ricos em magnésio e fibra, peixes com ômega 3, legumes e frutas para dar uma injeção de energia para o seu corpo. No jantar, escolha refeições leves para facilitar a digestão, mas não passe fome.

9. Deixe entrar luz natural

Sua fadiga é acompanhada por alguma depressão e mau humor? Os raios UV estimulam a produção de endorfinas, hormônios da alegria e bom humor. Por isso, a falta progressiva de luz natural nos meses de outono e inverno faz você se sentir exausta e mais triste. O melhor remédio é tentar passar mais tempo ao ar livre.

 

Fonte: https://goo.gl/WEa90j


Compartilhe isso:

11 truques para ter mais energia

A gente já se acostumou a correr contra o relógio para dar conta de trabalho, estudo, tarefas domésticas e achar que a vida é assim mesmo: quanto mais agitada, melhor. Só que um dia o corpo reclama. É quando você percebe que está exausta, desmotivada, se sentindo feia e sem energia nem para se divertir. Nessa hora, é importante repensar o estilo de vida e colocar em prática atitudes que dão um choque no desânimo e renovam o astral em instantes. Quer ideias? Entregamos várias para você ter na manga e usar no trabalho, em casa, a dois ou a sós.  

1. Filtre as companhias 

Há pessoas que são como vampiros emocionais: sugam sua energia e deixam você para baixo. Gente tagarela, que reclama demais ou só fala da própria vida costuma ser assim e, se você não se proteger, entra nessa relação sem perceber. "A pessoa não precisa ser do mal para ter esse poder sobre o outro", fala a psicóloga Carmen Cerqueira Cesar, de São Paulo. "Uma amiga querida ou colega de trabalho com quem você se dá bem tem essa capacidade. Cabe a você colocar limites para não se deixar contaminar." Corte a conversa com jeitinho ou invente uma mentira branca para evitar um encontro se sabe que não vai sair inteira dele. Assim, você não só preserva seu bem-estar mas a amizade também. 
 

2. Sexo para reanimar 

Se nos dias em que chega em casa exausta e louca para se jogar no sofá a última coisa em que pensa é transar, não sabe o que está perdendo. Nos momentos de excitação, o organismo turbina a secreção de dopamina, endorfna e serotonina, substâncias que batem os níveis de cortisol e elevam o humor, a alegria e a disposição. De quebra, você levanta zerada no dia seguinte - um estudo da Arizona State University, nos Estados Unidos, revelou que mulheres que haviam feito sexo na noite anterior acordaram mais relaxadas e bem-humoradas. 
 

3. Cheiro de bem-estar 

Leve na bolsa ou deixe na mesa de trabalho um blend de óleos essenciais capaz de dar um up imediato na disposição: com bergamota, grapefruit e limão é uma opção. O aroma age direto no cérebro, estimulando e reequilibrando os hormônios do bem-estar - é só aplicar nos locais em que dá para sentir a pulsação, como pescoço e pulsos, sempre que precisar de uma injeção de ânimo. 
 

4. Laranja para levantar o astral 

Nas unhas, na maquiagem ou na roupa, nem que seja apenas em um acessório, essa cor tem tudo para colocá-la para cima no ato: ela afasta as energias negativas, estimula a mente e chama a alegria. E está súper na moda. Ou seja, com ela, é dois a zero para o alto-astral e a autoestima.
 

5. Silêncio mágico 

Ficar só e calada de vez em quando funciona para escutar o que o corpo e as emoções pedem - e não tem nada a ver com estar triste ou de mal com a vida. "Aí, conseguimos processar tanta informação que recebemos o tempo todo e achar sentido na vida", diz Carmen Cerqueira Cesar. "É como colocar cada arquivo na pasta certa para o computador (ou nossa mente) não dar pau", completa. 
 

6. Transforme angústia em alegria 

A terapeuta Ma Deva Suvalia, do Hotel Ponto de Luz, em Joanópolis (SP), ensina um exercício capaz de transformar sofrimento e ansiedade em sentimentos bons: feche os olhos e visualize um ponto no meio do tórax, que corresponde ao chacra do coração. Inspire mentalizando seus medos e preocupações e expire pensando em coragem e tranquilidade, sempre focando o ponto no coração. Em cinco minutos, vai se sentir mais leve, renovada e pronta para encontrar soluções positivas para o que incomoda você. 
 

7. Faça um spa em casa 

Tomar um banho quentinho e sem pressa já é um bálsamo contra o cansaço e a falta de ânimo. Para sair completamente renovada, aproveite os minutos embaixo do chuveiro e faça uma esfoliação no corpo com um punhado de sal grosso triturado com alecrim, manjericão e outras ervas aromáticas de que você gosta. "O processo renova a pele, libera aromas que refrescam e revigoram e neutraliza as energias negativas e positivas", fala o terapeuta Michael Roriz, do Blue Garden Spa, em São Paulo. Enquanto isso, aproveite para mentalizar coisas boas e focar no barulhinho da água caindo pelo corpo. 
 

8. Recarregue com chocolate 

O doce já é nosso amigo nos momentos de baixo-astral, mas a notícia melhor ainda é que ele entrega energia extra quando vem na forma de uma bebida quentinha. Primeiro, porque contém cafeína e teobromina, que estimulam o corpo a produzir endorfna e serotonina, substâncias relacionadas ao bem-estar e a emoções positivas. E, como revelou um estudo da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, publicado na revista Science, o simples fato de segurar uma caneca com uma bebida quente deixa você mais segura e para cima. 
 

9. Suco que levanta 

Não dê mole para o desânimo e copie esta receita sugerida pela nutricionista Karoline Jorge, da KJ Nutricional Consultoria e Assessoria, em São Paulo, para começar o dia com pique total: bata no liquidificador 1 copo (200 ml) de suco de laranja, 1/3 de cenoura picada, 1 polpa de açaí e 1 colher (chá) de guaraná em pó. O açaí carrega ferro, mineral que em falta no organismo pode levar a cansaço e anemia. Combinado com o guaraná, a frutinha forma uma dupla revigorante. A laranja e a cenoura colaboram para a eliminação de toxinas e a renovação de todas as células do corpo. 
 

10. Mexa o corpo 

Pode soar contraditório, mas quando você se sente exausta, uma das melhores coisas a fazer para recuperar o pique é malhar. Não precisa ser em alta intensidade nem até suar em bicas. Um estudo da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, mostrou que adultos que pedalaram em baixa intensidade por 20 minutos, três vezes por semana, sentiram 65% menos fadiga do que o grupo que não se movimentou e 16% mais dispostos do que quem praticou exercício pesado. É que mexer o corpo aumenta a oxigenação do sangue e dos tecidos e estimula a produção de substâncias que garantem energia, disposição e bem-estar, como dopamina, adrenalina, endorfina e serotonina. 
 

11. Banana a tiracolo 

Não tem fruta mais prática que essa para matar a fome fora de hora, e o melhor é que ela também esbanja propriedades. "É ótima para quando falta energia, pois tem frutose e um tipo de aminoácido que serve como matéria-prima para a produção de serotonina, que garante bem-estar e disposição", diz Karoline Jorge.

Fonte: https://goo.gl/RAeN7V


Compartilhe isso: