Blog DiCorpo

Se você procura qualidade, inovação e bem-estar,
seja bem-vindo à DiCorpo!

8 dicas para dormir melhor esta noite

Cansaço, olheiras, mau humor, dificuldade de concentração, estresse e até dor de cabeça são alguns dos sinais que a falta de sono pode trazer. Para melhorar a disposição e ter humor para enfrentar a vida é necessário ter uma boa noite de sono, mas isso nem sempre é tão fácil. Existem vários distúrbios do sono - como insônia, apneia do sono, sonambulismo, pesadelos e terror noturno, além de condições relacionadas, como a depressão, ansiedade e estresse - que podem causar o sintoma, e demandam tratamento especializado. Mas, caso a sua dificuldade para dormir não seja ocasionada por outra condição de saúde, você pode se beneficiar das seguintes dicas para dormir melhor já esta noite:

- Perfume o ambiente com camomila ou lavanda

Para conseguir dormir bem é necessário relaxar, então o que ajuda a relaxar pode facilitar o sono. Este é o caso das essências de lavanda e camomila, mas a pessoa precisa apreciar o aroma para que a técnica funcione. "Temos que deixar o nosso ambiente de sono o mais convidativo o possível, com um colchão apropriado, lençol limpo, e cheiro agradável - que é prazeroso e ajuda a relaxar - para facilitar a chegada do sono e um descanso de qualidade", diz Rosa Hasan, neurologista da Associação Brasileira do Sono.

- Esfrie o local

Sabe aquele pezinho para fora das cobertas que faz toda a diferença no sono? Então, não é mania, ele realmente é eficiente, uma vez que o tempo mais frio ajuda o sono a chegar mais fácil. "Isso acontece porque quando começamos a dormir há uma queda na temperatura corporal, o que está relacionado com o horário biológico de sono. Contudo, quando está muito calor ou a pessoa acabou de fazer exercícios - o corpo ainda está quente - ela pode não sentir esta mudança", diz Rosa. Vale reiterar que o calor dificulta permanecer dormindo, mas o frio em excesso inibe o início do sono, então é bom manter uma temperatura amena, com climatizadores, ar condicionado ou ventilador, mas com equilíbrio.

- Cuide da dieta o dia inteiro

O que você come durante o dia faz toda a diferença na qualidade do sono, a escolha dos alimentos, o tempo que levam para serem digeridos, tempo em jejum e vários outros fatores interferem. "Comer mal durante o dia e fazer uma dieta exagerada e calórica no período noturno pode comprometer a qualidade do sono", afirma Rosa.

 

- Alimentos bons para dormir

Dentre os nutrientes que ajudam quem quer pegar no sono estão as vitaminas do complexo b, que têm efeito calmante e estimulam a produção de serotonina(neurotransmissor que ajuda no bem estar e no sono); ômega 3, regulador dos neurotransmissores; lactocina, que tem efeito calmante; triptofano, aminoácido usado para produzir serotonina etc. Falando mais claramente, "alguns dos alimentos que são bons para ajudar a dormir são maracujá, linhaça, banana, leite magro, aveia, couve, frutas vermelhas como a cereja, integrais no geral, alface, carnes magras, peixes como o salmão, gergelim, nozes, amêndoas, e até o leite morno com um pouco de mel", diz Marcela Voris, médica nutróloga da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

- Cuidado com a cafeína

Alimentos estimulantes no geral, como os que contém cafeína, podem prejudicar o sono não apenas quando ingeridos durante a noite, então moderação e equilíbrio são as palavras de ordem. "Evite alimentos ricos em xantina e cafeína, como o chocolate, café, guaraná, refrigerantes e bebidas feitas de coca em geral, pois eles estimulam diretamente o sistema nervoso, fazendo com que a pessoa fique mais agitada durante o sono", explica Marcela.

- Escute músicas relaxantes

Atividades que você gosta e que ajudam a relaxar são boas para ajudar a "encontrar" o sono. Pode ser desde ler um livro tranquilo até ouvir músicas que você gosta, desde que sejam calmas. "Uma música que você gosta tem um efeito relaxante, uma vez que ela pode remeter a uma sensação prazerosa e desligar da rotina e das preocupações do dia a dia.", afirma Rosa.

- Massagem relaxante

Chegar em casa, colocar o pé para cima, receber uma massagem nas pernas, pés, ombros... é ótimo para relaxar, e o melhor, não precisa estar acompanhado para que este efeito aconteça, você pode fazer uma automassagem que ajude a relaxar e ative a circulação, reduzindo até algumas dores. "Receber uma massagem ou mesmo massagear a si mesma pode ser relaxante, apesar de não haver provas científicas de que isto induza especificamente o sono", diz o psiquiatra Ivan Mario Braun. Para saber mais sobre os benefícios da massagem para a saúde e os problemas que ela ajuda a tratar, clique aqui.

- Saiba quando procurar um médico

Apesar de não conseguir dormir bem de vez em quando ser completamente normal e não necessariamente comprometer a saúde de quem não está dormindo direito, há um momento em que a falta de sono precisa ser investigada. "Se a dificuldade de dormir começar a se repetir de modo que seja um incômodo na vida da pessoa - cerca de três vezes por semana, por três semanas -, seria interessante ela procurar um médico com experiência em problemas de sono para investigar a causa do problema", diz o psiquiatra Ivan.

Fonte: https://bit.ly/2wMCGMK


Compartilhe isso:

Making Of DiCorpo 2018

Confira o Making Of da coleção Outono 2018 da DiCorpo. O lançamento oficial acontece em 15 de fevereiro. 


Compartilhe isso:

11 maneiras para desestressar no dia a dia

Enfrentamos acontecimentos e situações estressantes todos os dias, seja no trânsito, nos prazos para cumprir no trabalho, ou em outras inúmeras situações do dia a dia – e isso só parece ficar pior com a vida moderna. Um levantamento da International Stress Management Association (Associação Internacional do Controle do Estresse) aponta o Brasil como o segundo país do mundo com o maior nível de estresse.

O estresse é a resposta do cérebro à demanda que ele recebe, de acordo com o Instituto Americano de Saúde Mental, e é uma espécie de instinto primal, preparando-nos para fugir ou enfrentar uma ameaça. Existem três tipos de estresse: estresse de rotina, tais como obrigações de trabalho; estresse negativo súbito, como perder o emprego; e estresse traumático, como o que acontece com um desastre natural.

Estas tensões diferentes afetam as pessoas de maneiras diferentes, que vão desde problemas digestivos a dores de cabeça, sonolência e depressão. Um estresse de longo prazo crônico pode aumentar a chance de derrames e doenças cardíacas. Além disso, 44% das pessoas estressadas têm insônia e 40% comem mais do que deviam.

Felizmente, você não precisa de uma semana inteira nos trópicos ou um massagista a espera para ajudar a lidar com o estresse. Confira a lista abaixo com algumas dicas para lidar com a vida estressante de acordo com a quantidade de tempo que você têm disponível.

Uma hora: escreva um diário

De acordo com o Centro Médico da Universidade de Rochester, nos EUA, escrever seus pensamentos ajuda na gestão do estresse, permitindo-lhe compreender melhor seus sentimentos quando tudo ao seu redor parece estar no caos. Manter um diário também ajuda a identificar as causas do estresse para que você possa pensar em soluções sem o julgamento dos outros.

45 minutos: faça uma sessão de yoga

A Yoga pode parecer intimidadora para alguns, com suas posições difíceis e a necessidade de equilíbrio. No entanto, a tentativa de manter a calma enquanto você se contorce em posições difíceis realmente alivia o estresse. Nos obriga a relaxar os músculos e treina o cérebro para não responder automaticamente ao estresse com uma aceleração no ritmo cardíaco e uma respiração superficial, como sempre acontece.

30 minutos: faça exercícios

Exercícios não são bons somente para a sua saúde física, mas para sua saúde mental também. Eles liberam hormônios que melhoram o humor e agem como analgésicos naturais. Eles também ajudam com a função cognitiva e a qualidade do sono. A Associação Americana do Coração recomenda 30 minutos de exercício cinco dias por semana.

20 minutos: tome um banho de espuma

Preparar um banho quente para si mesmo irá aumentar a circulação sanguínea e reduzir o ácido lático nos músculos, permitindo-lhe relaxar fisicamente.

15 minutos: faça uma lista de coisas a fazer

Listar o que você precisa fazer pode ajudar a descobrir se o seu prato está muito cheio. Sem contar que você pode priorizar seus afazeres.

10 minutos: dê uma volta lá fora

Se o tempo permitir, faça uma pausa no trabalho ou nos estudos para ir em um curto passeio ao sol para respirar um pouco de ar fresco. Um estudo de 1998 mostrou que a vitamina D3 teve um efeito positivo sobre a serotonina no cérebro – para não mencionar que você vai alongar as pernas e os outros músculos do corpo, o que sempre ajuda.

7 minutos: beba uma xícara de chá

Pesquisadores da University College de Londres descobriram que aqueles que bebem chá preto ao longo do dia apresentam níveis mais baixos do hormônio do estresse, a cortisona, quando comparados ao grupo de controle. Os bebedores de chá também apresentam menor ativação das plaquetas do sangue, o que pode evitar ataques cardíacos.

5 minutos: imagine um lugar tranquilo

A imaginação guiada é a tentativa de conectar a sua mente e corpo em um estado mental relaxado, usando todos os seus sentidos para criar os detalhes de um local seguro e confortável, como uma praia. Ela é usada para promover o relaxamento e deixar os níveis sanguíneos mais baixos. Então vá em frente e flexione suas habilidades imaginativas.

3 minutos: abrace alguém

A socialização é uma ótima maneira de lidar com o estresse. Além disso, mostrar gratidão pode guiar o seu comportamento para ser mais positivo. Um bom e velho abraço pode ser a solução, pelo menos temporária, para o seu problema.

1 minuto: coloque uma planta em seu ambiente de trabalho

Se você gosta de bonsais, especialistas descobriram que a adição de plantas em ambientes de trabalho melhora a satisfação do trabalhador e a produtividade.

30 segundos: mini mantras

Se você não tem praticamente nenhum tempo, mini-discursos e mantras de respiração podem ajudar a acalmá-lo quando você precisar disso o mais rápido possível. Por exemplo, faça cinco respirações profundas ou conte até 10 antes de falar. Ou crie seus próprios mantras adaptados a situações comuns, como uma briga em família ou a preparação para uma entrevista de emprego.

Fonte: https://goo.gl/8pnujL


Compartilhe isso:

11 truques para ter mais energia

A gente já se acostumou a correr contra o relógio para dar conta de trabalho, estudo, tarefas domésticas e achar que a vida é assim mesmo: quanto mais agitada, melhor. Só que um dia o corpo reclama. É quando você percebe que está exausta, desmotivada, se sentindo feia e sem energia nem para se divertir. Nessa hora, é importante repensar o estilo de vida e colocar em prática atitudes que dão um choque no desânimo e renovam o astral em instantes. Quer ideias? Entregamos várias para você ter na manga e usar no trabalho, em casa, a dois ou a sós.  

1. Filtre as companhias 

Há pessoas que são como vampiros emocionais: sugam sua energia e deixam você para baixo. Gente tagarela, que reclama demais ou só fala da própria vida costuma ser assim e, se você não se proteger, entra nessa relação sem perceber. "A pessoa não precisa ser do mal para ter esse poder sobre o outro", fala a psicóloga Carmen Cerqueira Cesar, de São Paulo. "Uma amiga querida ou colega de trabalho com quem você se dá bem tem essa capacidade. Cabe a você colocar limites para não se deixar contaminar." Corte a conversa com jeitinho ou invente uma mentira branca para evitar um encontro se sabe que não vai sair inteira dele. Assim, você não só preserva seu bem-estar mas a amizade também. 
 

2. Sexo para reanimar 

Se nos dias em que chega em casa exausta e louca para se jogar no sofá a última coisa em que pensa é transar, não sabe o que está perdendo. Nos momentos de excitação, o organismo turbina a secreção de dopamina, endorfna e serotonina, substâncias que batem os níveis de cortisol e elevam o humor, a alegria e a disposição. De quebra, você levanta zerada no dia seguinte - um estudo da Arizona State University, nos Estados Unidos, revelou que mulheres que haviam feito sexo na noite anterior acordaram mais relaxadas e bem-humoradas. 
 

3. Cheiro de bem-estar 

Leve na bolsa ou deixe na mesa de trabalho um blend de óleos essenciais capaz de dar um up imediato na disposição: com bergamota, grapefruit e limão é uma opção. O aroma age direto no cérebro, estimulando e reequilibrando os hormônios do bem-estar - é só aplicar nos locais em que dá para sentir a pulsação, como pescoço e pulsos, sempre que precisar de uma injeção de ânimo. 
 

4. Laranja para levantar o astral 

Nas unhas, na maquiagem ou na roupa, nem que seja apenas em um acessório, essa cor tem tudo para colocá-la para cima no ato: ela afasta as energias negativas, estimula a mente e chama a alegria. E está súper na moda. Ou seja, com ela, é dois a zero para o alto-astral e a autoestima.
 

5. Silêncio mágico 

Ficar só e calada de vez em quando funciona para escutar o que o corpo e as emoções pedem - e não tem nada a ver com estar triste ou de mal com a vida. "Aí, conseguimos processar tanta informação que recebemos o tempo todo e achar sentido na vida", diz Carmen Cerqueira Cesar. "É como colocar cada arquivo na pasta certa para o computador (ou nossa mente) não dar pau", completa. 
 

6. Transforme angústia em alegria 

A terapeuta Ma Deva Suvalia, do Hotel Ponto de Luz, em Joanópolis (SP), ensina um exercício capaz de transformar sofrimento e ansiedade em sentimentos bons: feche os olhos e visualize um ponto no meio do tórax, que corresponde ao chacra do coração. Inspire mentalizando seus medos e preocupações e expire pensando em coragem e tranquilidade, sempre focando o ponto no coração. Em cinco minutos, vai se sentir mais leve, renovada e pronta para encontrar soluções positivas para o que incomoda você. 
 

7. Faça um spa em casa 

Tomar um banho quentinho e sem pressa já é um bálsamo contra o cansaço e a falta de ânimo. Para sair completamente renovada, aproveite os minutos embaixo do chuveiro e faça uma esfoliação no corpo com um punhado de sal grosso triturado com alecrim, manjericão e outras ervas aromáticas de que você gosta. "O processo renova a pele, libera aromas que refrescam e revigoram e neutraliza as energias negativas e positivas", fala o terapeuta Michael Roriz, do Blue Garden Spa, em São Paulo. Enquanto isso, aproveite para mentalizar coisas boas e focar no barulhinho da água caindo pelo corpo. 
 

8. Recarregue com chocolate 

O doce já é nosso amigo nos momentos de baixo-astral, mas a notícia melhor ainda é que ele entrega energia extra quando vem na forma de uma bebida quentinha. Primeiro, porque contém cafeína e teobromina, que estimulam o corpo a produzir endorfna e serotonina, substâncias relacionadas ao bem-estar e a emoções positivas. E, como revelou um estudo da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, publicado na revista Science, o simples fato de segurar uma caneca com uma bebida quente deixa você mais segura e para cima. 
 

9. Suco que levanta 

Não dê mole para o desânimo e copie esta receita sugerida pela nutricionista Karoline Jorge, da KJ Nutricional Consultoria e Assessoria, em São Paulo, para começar o dia com pique total: bata no liquidificador 1 copo (200 ml) de suco de laranja, 1/3 de cenoura picada, 1 polpa de açaí e 1 colher (chá) de guaraná em pó. O açaí carrega ferro, mineral que em falta no organismo pode levar a cansaço e anemia. Combinado com o guaraná, a frutinha forma uma dupla revigorante. A laranja e a cenoura colaboram para a eliminação de toxinas e a renovação de todas as células do corpo. 
 

10. Mexa o corpo 

Pode soar contraditório, mas quando você se sente exausta, uma das melhores coisas a fazer para recuperar o pique é malhar. Não precisa ser em alta intensidade nem até suar em bicas. Um estudo da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, mostrou que adultos que pedalaram em baixa intensidade por 20 minutos, três vezes por semana, sentiram 65% menos fadiga do que o grupo que não se movimentou e 16% mais dispostos do que quem praticou exercício pesado. É que mexer o corpo aumenta a oxigenação do sangue e dos tecidos e estimula a produção de substâncias que garantem energia, disposição e bem-estar, como dopamina, adrenalina, endorfina e serotonina. 
 

11. Banana a tiracolo 

Não tem fruta mais prática que essa para matar a fome fora de hora, e o melhor é que ela também esbanja propriedades. "É ótima para quando falta energia, pois tem frutose e um tipo de aminoácido que serve como matéria-prima para a produção de serotonina, que garante bem-estar e disposição", diz Karoline Jorge.

Fonte: https://goo.gl/RAeN7V


Compartilhe isso:

13 dicas rápidas para aumentar sua disposição!

Nem sempre a solução para melhorar a saúde ou o bem-estar no cotidiano está em remédios, tratamentos ou produtos artificiais. Confira aqui 13 dicas que podem dar uma elevada simples e eficiente no seu astral.

1. Tome café da manhã

Um dos retratos mais comuns das pessoas engolfadas pela rotina estressante é o de sair de casa sem comer nada. Isso vai minando a saúde. Como se trata de acumular energia para o dia, e não apenas para as primeiras horas da manhã prefira alimentos equilibrados nos nutrientes. Ricos em carboidratos, mas que contenham também proteínas e gorduras saudáveis. Tais como frutas, aveia, ovo – sim, ovo é uma boa pedida para o café da manhã – ou até o jantar do dia anterior, que geralmente é uma refeição consistente. Alimentos como pães e bolos vão dar uma alavancada no seu entusiasmo matinal, por algumas horas, e quando o açúcar acabar você ficará sem energia.

2. Forje a energia ao seu redor

Naqueles dias em que você acorda até com preguiça de existir, é uma boa pedida fingir que você está cheio de energia. Isso faz com que você realmente fique mais disposto, porque seu cérebro capta os sinais externos e internos que dizem isso. Comece lavando bem o rosto, use uma roupa limpa, clara, abra um sorriso para as pessoas. Mostre ao mundo exterior que você está entusiasmado. Mesmo que seja mentira, você vai acabar ficando.

3. Viva o lado positivo

Essa é só entre você e a sua mente. Eleve seu estado de espírito. Não pense no que você perdeu, mas no que já ganhou. Não lamente o que você não tem, valorize o que tem. Sempre que você, ou (o que é mais comum) outra pessoa perceber que está de mau humor, pare e reflita. Afinal, porque eu estou de mau humor? Ache a causa e tente extraí-la, ou pelo menos amenizá-la. Elevar sua energia positiva depende mais de você do que do mundo que o cerca.

4. Invente coisas novas

Uma rotina sem nenhuma novidade vai minando seu humor e sua energia pouco a pouco. Um pouco de mudança na rotina é seguida da liberação de dopamina, que te prepara para a ação. É importante aprender coisas novas.

5. Beba algo gelado

Não é só uma questão de se manter hidratado, a temperatura baixa da bebida é um ótimo meio de dar uma despertada em você. A água é uma boa, mas se você beber chá ou café gelado terá um efeito duplicado, porque as bebidas contêm cafeína.

6. Beba café continuamente

Mais eficaz do que mergulhar a cara no bule de café, uma só vez pela manhã, e ir tomando pequenos goles ao longo do dia. Em intervalos de, digamos, uma hora tome uma xícara. O efeito da cafeína é forte, mas efêmero.

7. Não minta

Mentir rouba muita energia psicológica. E o principal causador não é o momento da mentira em si, mas o constante sobressalto em que você fica, pensando no que vai falar, para que os outros não descubram sua mentira. Recomenda-se, contudo, evitar a franqueza extrema. Às vezes a verdade nua e sem rodeios pode magoar, mas você pode “esculpir” a sua verdade. Ao invés de dizer que seu colega de trabalho tem ideias de jerico, diga que ele tem ideias boas, mas aquela em especial pode não funcionar.

8. Respire fundo

A respiração profunda é mais eficiente do que a respiração curta para dar uma revitalizada. Existe uma verdadeira fórmula médica, chamada de “4-7-8” para nos ensinar como respirar fundo: coloque a ponta da sua língua contra o céu da boca atrás dos dentes superiores e expire completamente pela boca, para produzir o som de uma lufada. Em seguida, feche a boca e inspire profundamente pelo nariz em quatro segundos, segure a respiração por sete, depois expire pela boca por oito segundos. Repita a operação pelo menos três vezes e procure sempre “levar o ar para a barriga” . Se você está estressado, é o melhor remédio: essa respiração profunda injeta mias oxigênio em suas células, reduz a frequência cardíaca, diminui a pressão sanguínea e melhora a circulação, resultando em um aumento de energia.

9. Organize seu espaço

Seja seu quarto, seu escritório ou seu consultório, mantenha o espaço organizado. É muito mais estimulante trabalhar em um lugar limpo e arrumado, onde as coisas estão em ordem, do que no meio de uma bagunça. Cole frases com seus objetivos na parede, escreva no caderno, ponha na tela do fundo desktop, incentive-se! Essa frase pode ser algo simples e imediato como “quero terminar esse relatório ainda hoje”, ou algo mais sucinto e duradouro, como “estude!”. O importante é ter um estímulo visual.

10. Combine música com exercícios

Quando estiver correndo no parque ou fazendo polichinelos em casa, um ritmo frenético no fone de ouvido é realmente uma boa pedida. A maioria das academias pensa nisso, daí a escolha criteriosa para as Playlists que tocam no ambiente enquanto o pessoal está malhando. É claro que você não vai se exercitar ouvindo a marcha fúnebre; precisa ser um ritmo alegre, que te empurre para cima. Se quiser, pode estender o benefício da música animada para além dos exercícios, ouvindo no trabalho ou no estudo, desde que não tire a concentração.

11. Tente transformar tudo em exercício

Todos sabem como é muito difícil para algumas pessoas tirar uma ou mias horas do seu dia para se dedicar ao exercício físico (que envolve não apenas o tempo da atividade em si, mas o deslocamento até o parque/academia, aquecimento, alongamento, etc.). Por isso, esteja sempre em movimento. No trabalho, dê periodicamente uma volta andando por onde puder. Mova os braços e pernas, interrompa o expediente por uns cinco minutos para se alongar um pouco. Mexa-se.

12. Coma chocolate escuro

Há uma lenda popular que alimentos ricos em açúcar fornecem uma carga contínua e inabalável de energia. Deve-se tomar cuidado com isso: o açúcar, por si só, abastece o corpo com energia instantânea, mas efêmera: você experimenta um pico de energia corporal que cai rapidamente. O chocolate escuro contém o estimulante teobromina, um alcaloide que demora a ser consumido pelo organismo, e fornece, portanto, uma energia mais duradoura.

13. Mantenha-se hidratado

O cansaço precede a desidratação como a lua precede o sol. Não estar hidratado é uma porta para baixar o metabolismo rapidamente, o que faz sua energia ir lá para baixo. Mas para se hidratar não adianta ficar só na água; é preciso consumir potássio, que regula a circulação de líquidos no organismo. Água de coco, banana, abacate e batata, são recomendados para essa função

Fonte: http://goo.gl/yZ4f9L


Compartilhe isso: