Blog DiCorpo

Se você procura qualidade, inovação e bem-estar,
seja bem-vindo à DiCorpo!

Cuidados com a pele na chegada da primavera

A primavera chegou! A estação das flores tem temperaturas agradáveis e dias ensolarados. Porém, algumas das características da primavera refletem no bem-estar da pele que por isso merece cuidados especiais.

"Antes de tudo, é preciso entender que a pele é um órgão e não apenas um revestimento do corpo. Em função das temperaturas mais baixas e tempo seco do inverno, a tendência é que exista uma desidratação não habitual. Por isso, a primavera é o momento de reidratar a pele e cuidar de possíveis problemas advindos da estação anterior", explica a Dra. Anelisa Baungartner Lamberti, dermatologista membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e American Academy of Dermatology.

A dermatologista diz que o processo para manter a pele bem cuidada, protegida e hidratada começa no banho. "O início é a limpeza do rosto. Quando feita incorretamente, pode causar alterações em toda proteção natural da pele. O ideal é utilizar sabonetes neutros, próprios para cada região. Nessa fase, o ideal é usar água morna, evitar esponjas e usar apenas a espuma do sabonete massageando levemente a região do rosto com as mãos".

A Dra. Anelisa recomenda que o banho adequado na primavera seja com o uso de água morna, rapidez e produtos apropriados para cada tipo e região da pele. Após esse procedimento é hora de hidratar a pele. "O recomendado é que se use hidratante no corpo inteiro. Isso vale para todas as idades, inclusive crianças", afirma.

Porém, os cuidados não acabam aí. Na primavera, o sol aparece com mais frequência e o protetor solar é indispensável. "Embora mais fraco do que no verão, o sol é sempre um risco. Independentemente da época, continua existindo radiação ultravioleta que é muito prejudicial. Por isso, o uso do protetor solar é indispensável. Também vale reforçar que o pólen das flores pode sensibilizar a pele que estando bem cuidada, hidratada e protegida fica menos vulnerável", diz a dermatologista.

E como lidar com os cravos e espinhas na estação das flores?

Na realidade, o cuidado com os cravos e espinhas não muda de estação para estação. A diferença é que o aparecimento deste problema pode acontecer mais na primavera e verão por causa do aumento da temperatura. "O calor faz o indivíduo transpirar, provocando mais oleosidade na pele. Esse contexto é favorável para o aparecimento de cravos e espinhas na região do rosto.

Já no inverno, é mais frequente no tronco, ombros e costas que ficam quentes e abafados por roupas mais pesadas e casacos", explica a dermatologista.

Nos passeios ao ar livre a pele pode sofrer alguns ferimentos, cortes e arranhões. Os cravos e espinhas ‘cutucados’ podem inflamar. Nesses casos, é indicado o uso de pomadas antibióticas para cuidar de possíveis infecções na pele.

Com os cuidados especiais sua pele ficará sempre bela para que você possa curtir a estação ao máximo!

Fonte: https://goo.gl/q9oL3N 


Compartilhe isso:

Verão é para praticar esportes ao ar livre, mas com cuidado

Verão é sinal de sol, praia, calor e exercício ao ar livre. Mas tenha atenção! Quando a temperatura sobe, o risco de desidratação e de queimaduras solares também aumenta. Veja aqui algumas dicas sobre como se proteger enquanto se exercita.


 

1. Cuida de sua pele

Um dos cuidados mais importantes ao praticar exercício ao ar livre é com sua pele. Fique atento ao tempo de exposição ao sol e aplique o protetor solar a cada hora (de acordo com as instruções da embalagem) mesmo se estiver dentro da água.

Tenha em atenção e proteja também seu pescoço, orelhas e o couro cabeludo. A forma mais fácil de proteger essas zonas é usando um boné.

2. Hidrata-se

Só porque está na praia ou na piscina não quer dizer que não necessite hidratar-se! Para evitar cãibras e desidratação não se esqueça de beber bastantes líquidos ANTES, DURANTE E DEPOIS de sua atividade física.

Evite beber café antes de praticar exercício. A cafeína é um diurético e aumenta sua chance de desidratação.

3. Use roupas leves e confortáveis

No verão, use roupas leves e confortáveis para praticar exercício (nem muito apertadas nem muito largas). As roupas muito largas, com o calor e com o suor, podem provocar irritações na pele, devido ao atrito.

Evite também as roupas pretas. Embora façam com que pareça mais magro, elas também armazenam o calor, porém são desaconselhadas nestes dias.

Quando a temperatura sobe, a tendência é fazer exercício sem camiseta. Tome cuidado e proteja sua pele das queimaduras solares usando um protetor adequado para sua pele.

4. Alimente-se depois do exercício

Quando o calor aumenta às vezes o apetite diminui. Mas deve tomar cuidado para se alimentar corretamente depois do exercício. É aconselhado que coma um alimento que contenha carboidratos e proteínas 30 minutos após praticar uma atividade física, para repor suas energias.

5. Adapte seu ritmo à temperatura

A tendência é diminuirmos o ritmo no verão e isso se aplica também ao seu exercício. Não exceda o seu ritmo quando estiver muito quente. Ao exercitarmos a sensação térmica aumenta e a temperatura do seu corpo também e seu ritmo cardíaco acelera mais. O calor faz também com que seu corpo sue mais, perdendo líquidos facilmente e fazendo com que seja mais difícil respirar, especialmente se o ar estiver úmido.

Fonte: https://goo.gl/uLXgkG


Compartilhe isso: